PAI E MÃE DE SANTO? O POR QUE?


O termo pai de santo ou mãe de santo surgiu popularmente por conta da repressão que os negros sofreram com a imposição religiosa durante a escravidão, os escravos tinham de esconder os seus Deuses e começaram a colocar junto aos assentamentos de seus orixás imagens de santos católicos. Os zeladores ai passaram a ser chamados de pais e mães de santo. O pai ou a mãe de santo é a autoridade máxima dentro de uma casa de candomblé. 










Eles são escolhidos pelos próprios Orixás, para que os cultuem na terra. Os orixás os induzem a isto, fazem com que as pessoas por eles escolhidas sejam naturalmente levadas à religião, até que preparem durante anos para que assumam o cargo para o qual estão destinadas. Uma pessoa não pode optar se quer ou não ser um Pai ou Mãe de Santo se não acontecer durante sua vida fatos que a levem a isto. São pessoas que de alguma forma são iluminadas pelos Orixás para que cumpram seu destino. 


Hoje infelizmente alguns se tornam pais e mães se preparação alguma ou sem ser escolhida pelo orixá. Existem pessoas que nasceram para o orixá e pessoas que apenas são feitas de orixá.












Os Pais e Mães de Santo, normalmente, são donos de uma roça (termo também usado por conta do trabalho que os negros exerciam), ou seja, um lugar onde estão plantados todos os assentamentos no qual os Orixás são cultuados feitos as oferendas.
 Dentro da roça existe o barracão (denominado por causa dos negros que antigamente moravam em barracões), que é o lugar em que são feitos os grandes cerimônias, festas (oferendas), e iniciações para os orixás. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário